Design thinking em projetos de desenvolvimento de software

[LoginRadius_Share]

O design thinking é uma abordagem para a busca da inovação. Ela é centrada nas pessoas e utiliza ferramentas do design para integrar as necessidades dos usuários, as possibilidades da tecnologia e os requisitos para o sucesso do negócio.

Esta metodologia ajuda a observar a inovação com uma abordagem holística, na qual as pessoas, a tecnologia e os negócios convergem no que é conhecido como “o projeto”.

Também pode ser compreendida como um processo de aprendizagem interativo, provedor de fases convergentes e divergentes e que possibilita fazer uma prototipagem rápida. O design thinking é aplicável em qualquer área.

Ao envolver o futuro consumidor do produto e/ou serviço, as chances de o projeto ser bem-sucedido crescem exponencialmente.

O design thinking exige que o profissional tenha um pensamento integrativo, que seja qualificado para contemplar todas as partes da questão, mesmo que visivelmente opostas.

Para a empresa, o design thinking pode ser um desafio, pois exige que não haja preconceitos e conservadorismo e esteja disposta a pensar e arriscar no novo.

Os benefícios do design thinking

1 Ótimo custo-benefício

O design thinking tem um baixo custo de implementação, pois não requer altos investimentos. A principal mudança requerida por esta metodologia é uma transformação na cultura corporativa da empresa que vai aplicá-lo.

2 Proporciona respostas

O design thinking favorece o brainstorming na empresa. O desenvolvimento de pensamentos opostos é essencial para quem almeja chegar a reflexões convergentes

3 Incentiva a criatividade

A metodologia promove soluções ao estimular a criatividade, que é a chave para o resultado inusitado, imprevisível e totalmente eficaz.

4 Estimula a empatia

O design thinking busca aplicações que incentivam a solução de contratempos por meio de mecanismos que favoreçam a empatia.

As etapas do design thinking em um projeto de desenvolvimento de software

Um projeto de desenvolvimento de software que adota a metodologia do design thinking passa pelas seguintes fases:

1 Definição

Ao se adotar o design thinking em um projeto de desenvolvimento de software, a primeira etapa é definir o problema que deve ser resolvido. Para isso, checa-se quem está envolvido e qual será o seu papel e faz-se o levantamento dos requisitos e das necessidades dos usuários.

Esta etapa vai além da equipe de desenvolvimento de software. Os usuários do sistema são chamados a expor a sua visão e contribuir com ideias.

2 Investigação

A etapa de investigação em um projeto de desenvolvimento de software corresponde à pesquisa das melhores soluções. Ela requer empatia com os envolvidos. A equipe que faz o desenvolvimento do software precisa colocar-se no lugar do usuário final. Ela precisa “mergulhar” nas necessidades e desejos do cliente do projeto.

3 Brainstorming

Nesta fase do projeto de desenvolvimento de software, as ideias da equipe que está trabalhando no projeto e dos usuários são registradas e traduzidas para o modelo de negócio. O ideal é que o maior número de ideias possível tenha a sua viabilidade analisada.

4 Prototipagem

A etapa da prototipagem é caracterizada pela criação do produto mínimo viável, ou seja, aquele com as funcionalidades mínimas exigidas pelo cliente.A partir dos protótipos, a equipe de desenvolvimento de software pode realizar testes, que irão apontar os problemas e as soluções possíveis.

5 Mensuração

Na mensuração, são definidas as métricas relevantes para medir os resultados da inovação.

6 Aprendizagem

A etapa de aprendizagem, no processo de desenvolvimento de software utilizando a metodologia do design thinking, é marcada pela interpretação dos resultados das fases anteriores. Caso esta seja positiva, deve-se projetar uma solução viável. Caso contrário, deve-se repensar a situação e projetar mais protótipos.

Conclusão

O design thinking é uma metodologia inovadora que pode ser utilizada nos projetos de desenvolvimento de software. Ele reúne baixo custo, muita flexibilidade e alta assertividade, por envolver o usuário na tomada de decisões. É um fator de agregação de valor ao seu sistema.

Quer saber mais sobre esta metodologia e sua aplicabilidade? Conte com a Eiti – especialista em gestão de TI – para fazer um diagnóstico e desenhar um projeto sob medida para a sua necessidade.

Solicite um diagnóstico de ti

[LoginRadius_Share]